0

O olhar irônico do humorista John Oliver sobre a atual situação política do Brasil

Posted by José Flávio Santos de Carvalho on 23:23
Terça-feira, 17 de março

Neste país de manda-chuvas
cheio de mãos e luvas
tem sempre alguém se dando bem
de São Paulo a Belém
Pego meu violão de guerra
pra responder essa sujeira
E como começo de caminho
quero a unimultiplicidade
onde cada homem é sozinho
a casa da humanidade”.
(Brasil Corrupção - Autor: Tom Zé , Ana Carolina)




Aplausos aos humoristas. Fazem-nos rir e, fazendo-nos rir, eles dizem grandes verdades... E chamam atenção, de forma irreverente e divertida, para o que acontece de bom e de ruim ao seu redor e ao redor do mundo.

O ator e comediante britânico, John Oliver, é uma dessas figuras. Oliver alcançou reconhecimento por seu trabalho no programa televisivo The Daily Show. Ano passado, o ator deixou a atração, após sete anos, e assumiu o comando do programa Last Week Tonight with John Olive. O humor inteligente do programa da emissora americana HBO, faz sátiras com notícias do mundo político e atualidades. John vive, atualmente, nos Estados Unidos, em Nova York.

O Brasil não tem escapado do humor de John Oliver. Temas como Copa do Mundo e eleições presidenciais já foram abordados no programa. Obvio que o ator não iria deixar de lado os recentes escândalos envolvendo a Petrobrás e a omissão de Dilma Rousseff. Ele trouxe esses ácidos temas para a sua atração e os explorou com muito bom humor e inteligência.

Com fina ironia, Oliver critica o desmatamento na floresta amazônica. Ele também afirma, baseado em notícias divulgadas pela imprensa, que grandes empresas brasileiras do ramo da engenharia pagaram 800 milhões de dólares em propina para garantir bons contratos com a estatal. “Você precisa de uma empresa de construção incrível apenas para construir um banco grande o suficiente para esconder esse suborno embaixo”, ironiza Oliver.

O discurso que Dilma Rousseff pronunciou em cadeia nacional de televisão, no domingo, dia 08 de março, também é alvo da ironia do apresentador. No discurso, Dilma tenta “acalmar” os brasileiros, e pede paciência e compreensão, pois, acredita ela, essa situação seja transitória. “É mesmo? É transitória? Porque, a menos que você esteja prestes a usar, em todo o país, um desses apagadores de memória dos Homens de Preto, eu acho que as pessoas não vão esquecer. O panelaço que houve em algumas cidades brasileiras também é citado. 

Oliver também ironiza o fato de a presidente, apesar de participado do conselho da Petrobras por sete anos, período no qual ocorreu grande parte da corrupção e, mesmo assim, foi absolvida de qualquer envolvimento no esquema de corrupção. “Como foi absolvida? Ela fez parte do conselho da Petrobrás enquanto as propinas...” comenta Oliver.

Segue link do trecho do programa divulgado no Youtube, na qual John Oliver critica a situação atual do Brasil.





0 Comments

Postar um comentário

Copyright © 2009 Cottidianos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates