0

O casamento do circo com o teatro

Posted by José Flávio Santos de Carvalho on 00:13
Quarta-feira, 14 de agosto

...
Vai, vai, vai começar a brincadeira
Tem charanga tocando a noite inteira
Vem, vem, vem ver um circo de verdade
Tem, tem, tem picadeiro e qualidade.

Passo versos pra o palhaço que na vida já foi tudo
Foi soldado, seresteiro, carpinteiro, vagabundo
Sem juíz e sem juizo, fez feliz a todo mundo
Mas no fundo não sabia que em seu rosto coloria
Todo o encanto do sorriso que seu povo não sorria...

(O Circo - Sidney Miller)

Rafael, Lia e convidados no teatro Espaço Cultural Centro Kennedy


Ah, o circo!... Quantas lembranças boas ele me traz! Quando chegava a cidade era uma alegria só. Era uma verdadeira festa para a criançada!... Durante o dia o palhaço saia pelas ruas convidando a criançada para o espetáculo que aconteceria à noite... E lá ia ele pela rua, gritando:

_ Hoje tem espetáculo?
_ Tem sim senhor. Prontamente respondia a garotada.
_ Hoje tem marmelada?
_ Tem sim senhor.
_ Hoje tem goiabada.
_ Tem sim senhor.
_ E o palhaço, o que é?
_ É ladrão de mulher.

À noite, sentados nas arquibancadas olhávamos o picadeiro ansiosos, esperando a entrada dos mágicos, das bailarinas, dos habilidosos malabaristas, dos espetaculares trapezistas e... dos engraçados palhaços.

Saíamos do espetáculo satisfeito, já pensando em voltar no dia seguinte.
 A magia do teatro também nos encanta, fascina.  Quando as cortinas se abrem, as luzes da ribalta se acendem e os atores entram em cena, somos transportados do mundo real para o mundo fantástico da ficção. Apaixonamos-nos na história de amor, nos comovemos com os dramas e rimos nas comédias.

Saímos do teatro satisfeito, querendo voltar para o espetáculo seguinte.

E quando circo e teatro se reúnem no mesmo espaço? Em um mesmo espetáculo?
Essa é justamente a proposta do espetáculo O Circo Está Contratando, atualmente em cartaz no teatro Espaço Cultural Centro Kennedy, na cidade de Campinas, no Estado de São Paulo. O roteiro da peça espetáculo se desenrola em torno de uma palhaça que herda um circo e por não ter artistas para montar um espetáculo, resolve contratá-los. Aparece o palhaço Papilon, que, na verdade sabe mais é fazer trapalhadas do que números circenses. A palhaça, sem ter muito que fazer, apela aos céus. Pede para São Pedro enviar bons artistas para o seu circo. O santo atende aos seus pedidos. Os artistas chegam, sempre depois de um trovão que anuncia a chegada deles. Ela, porém, nunca acredita que seus pedidos foram atendidos. Acha que tudo não passa de um sonho e, com isso, acaba perdendo muita gente talentosa. Durante todo o espetáculo, o Palhaço Papilon, querendo mostra serviço, continua fazendo suas divertidas palhaçadas.  Além dos artistas convidados há sempre uma interação com a plateia, o que torna o espetáculo ainda mais divertido.

A ideia da montagem desse espetáculo, que tem como atores principais, Rafael Vilela e e Lia Bueno, nasceu enquanto Rafael treinava dois meninos para o ofício de Palhaço.  O projeto com os dois meninos não deu certo. E os atores trouxeram o Projeto para o Espaço Cultural Centro Kennedy. Para conhecer mais sobre esse e outros projetos do grupo, acesse a página do Facebook – Cia Cultural os Tonicos, os contadores de histórias, https://pt-br.facebook.com/pages/Cia-Cultural-Os-Tonicos/250637261654074


0 Comments

Postar um comentário

Copyright © 2009 Cottidianos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates